quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Alpedrinha




Palácio do Picadeiro, foto tirada quando ainda estava em ruinas

Palácio do Picadeiro já recuperado. Este edifício é actualmente um departamento cultural da Camara Municipal do Fundão. - foto tirada em 2006

Fonte restaurada por D.João V, mas que já vinha do tempo dos romanos,  e Palácio do Picadeiro - foto tirada em 2006


 Nesta foto, também tirada em 2006, aparece parte da "estrada romana" por onde passava o gado no inicio do Outono,  a caminho das pastagens em Idanha-a-Nova, regressando pela mesma calçada à Serra da Estrela no inicio da primavera - a chamada Transumância... 
Por esta estrada chegava-se a Roma...

domingo, 29 de julho de 2018

Lua Cheia (de sangue) - noite de 27 de Julho de 2018.






A noite estava nublada. do Alto da Vela só se viu a Lua já ela ia alta.
Foram as fotos possíveis.
LG.

sábado, 21 de julho de 2018

segunda-feira, 9 de julho de 2018

São Lourenço do Barrocal,

São Lourenço do Barrocal, hotel de turismo no sopé de Monsaraz, prémio Leão de Ouro na Bienal de Veneza 2018, ganho pelo Senhor Arquitecto João Souto de Moura, autor desta obra notável.






Fotos in google/imagens.

domingo, 29 de abril de 2018

Fernando Pessoa no Museu Rainha Sofia - Exposição até 7 de Maio.

"Está aberta ao público até 7 de maio, e reune mais de 160 obras de arte (pintura, desenhos e fotografia) de cerca de 20 artistas, como José de Almada Negreiros, Amadeo de Souza-Cardoso, Eduardo Viana, Sarah Affonso, Júlio, Sonia e Robert Delaunay, entre outros, uma exposição cuja figura principal é Fernando Pessoa.

As obras são emprestadas por várias coleções privadas e instituições como a Fundação Calouste Gulbenkian (56 obras), a Biblioteca Nacional de Portugal, Museu Amadeo de Souza-Cardoso, em Amarante, e o Centro Georges Pompidou, em Paris, entre outras.

Os comissários da mostra são a historiadora de arte Ana Ara e o subdiretor do museu Rainha Sofia, o português João Fernandes, que acredita que esta exposição está a ser uma grande revelação, com nomes fundamentais da história do Modernismo em Portugal.

A exposição também presta uma atenção especial às revistas onde Fernando Pessoa escreveu, como A Águia, Orpheu, K4 O Quadrado Azul, Portugal Futurista ou Presença, que atuaram como caixa de ressonância das ideias de vanguarda.

Fazem parte da mostra várias cartas, cartões pessoais, notas, apontamentos, envelopes, etc.,  trocados entre alguns dos nomes expostos e com outros intelectuais nacionais e estrangeiros, entre eles Gabriel Garcia Marquez.

Quem quiser ver, terá que ser até dia 7 de Maio, no Museu Rainha Sofia, em Madrid.